Uma saga de um são joão

É povo, como Higór disse, tamo atolado de coisas a fazer e nem tá sobrando tempo pro blog direito. Mas, aproveitando que eu to essa semana toda de folga (eu senti inveja no ar….) vo contar para vocês fatos que ocorreram na produção de nosso são joão.

Tudo começou quarta-feira, dia 17 de junho, quando tivemos a péssima idéia de tentar conseguir patrocínio para nosso querido correio do elegante. Pro meu lado nem foi tão ruim, agora imagine você como foi para dandan: Ele acorda as cinco da manhã, pega duas conduções terrestres e uma fluvial, isso só pra chegar no colégio.

Eis que começamos nossa jornada. Dandan falando seu tradicional “po**a, podia tar em casa jogando PW…” e eu com meu tradicional pensamento acerca da dominação global. Passamos na csa de Higór, e ele estava jogando PW (noooooossa, jura? Ele quase num faz isso…). Óbvio que não podíamos interferir nesse importante rito que todos temos, entã resolvemos esperá-lo.

Resultado: Atrasamos meia hora.

Andamos mais 425 kilômetros (não foi isso, mas com o sol que tava, e as calças que dandan e higór usavam no dia ficou parecendo que foi) até a casa de Tevê. Chegando na localidade, descobrimos que, em virtude de nosso pequeno atraso, ele já havia saído de casa.

Resultado: gastou duas passagens à toa.

Então, vamos caminhando mais 5 kilômetros (volto a lembrar da calça e do sol) até nossa primeira parada. Havíamos combinado com o resto do grupo ali em frente. Mas, em virtude do PW atrasamos e o povo tinha ido embora.

Resultado: quase gastamos 20 reais num saco de bombons que nem era para comprar.

Conseguimos falar com uma indivídua do grupo via celular, e não compramos os bombons. Andamos mais 19 kilômetros para encontrar o povo. E começamos a pedir patrocínios.

Passamos de loja em loja pedindo. Devido ao fato de que íamos parando, os 3 kilômetros reais que andamos pareciam 700, mas ao menos ganhamos patrocínio.

Resultado: duas lojas deram 1 real (isso mesmo, 1 real!) de patrocínio e outra loja deu 5.

Enntão, cansamos de pedir muita coisa, pegamos nosso humilde dinheirinho e compramos o saco de bombons e o papel cartão pros coraçõezinhos.

Resultado do: 7 reais de patrocínio  32 reais gastos comprando. Saldo de -25 reais (é meu filho, a situação fico feia…). E muito stress e cansaço.

Total da distância percorrida: uns 3 kilômetros

Total da distância que a gente acha que percorreu: 1450 kilômetros.

E o dia nem tinha acabado…

To sem saco pra terminar isso hoje. Amanhã eu posto mais, afinal, eu sei que você não lêem os posts grandes mesmo…

Até lá, que nimb role bons dados para você!

By AgaGê

7 comentários sobre “Uma saga de um são joão

  1. Poxa, ta bem de visitantes aki eim, XD, só da eu e os donos do blog aki nos comentários.

    kkkkkkkk

    mas desanima não que o conteudo eh (uma merda) bom e logo vem o pessoal, se quiser resposta imediata coloca umas palavras ocultas no html tipo: SEX, PONR, HOT, MOTHER FUCKER, RONALDO, CHINELO, que sempre da certo.

    Mas sério msm, o humor no-sence é o humor que hoje mais tenha graça ( isso é humor no-sence de proposito ou as piadas são ruins mesmo? ), inton sem erros o blog tem futuro, minha visita pelo menos é diaria.

    flws, abrçs

    Curtir

    • @Lucas Akira

      Agente ganha mais visitas quando os posts vão pro Uêba. Daí caem milhões de paraquedistas internéticos por aqui e nunca mais voltam.
      Obrigado por suas visitas; esperamos não desapontá-lo e conquistar mais leitores assíduos como você.

      P.S.: Sobre as piadas: as vezes é de propósito, as vezes as piadas são tão ruins que fazem dar risada… :D

      Curtir

Digaê

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s