Evolução dos nerds

Ola de novo leitor! estou aqui, sem mais nada o que fazer, pronto a escrever mais um post de teor cultural duvidoso e que não mudará em nada sua pacata vidinha!

Como todos sabemos, nerd é igual flamenguista, bebado e prostituta, existe em todo lugar, em todas as eras, e nóis nunca vamos nos livrar deles. Então, como sou um garoto que se importa com as pessoas nesse mundo, resolvi fazer um apanhado com os nerds famosos que já fizerm seu lugar na história.

Tudo começou com um indivíduo que inventou a escrita, na antiga mesopotâmia, com certeza era nerd, afinal, codificar um sistema de falas em símbolos não é lá uma tarefa muito pouco engenhosa. Além do mais, ele ficou muito tempo trancado em casa e não saiu para fazer o que as pessoas mais faziam nessa época (guerra).

Alguns milênios depois veio um tal de sócrates (que você em sua humilde ignorância apenas conhece como jogador de futebol, mas que era filósofo), que pode ser considerado o primeiro geek da história, afinal ele passava horas e horas em seus aposentos pensando na vida, mas não deixava de lado sua vida social, saindo às ruas para perguntar as pessoas o que elas achavam das coisas (pode também ser considerado o primeiro mala-sem-alça da história).

Mas, como todo bom nerd, Sócrates deixou um discípulo para disseminanão são de suma importância para a evolução delesr a praga nerd pelo mundo. Vinhe então, Platão. Platão abandonou a conduta geek de seu mestre e pasou sua vida toda trancado em seu quarto lendo, estudando, pensando e escrevendo. E não foi pouco tempo perdido não (quem já ouviu falar de “A república” sabe do que falo)! Sócrates já começava a configurar o nerd como conheceremos em nossos tempos atuais.

Também seguindo o legado de seu mestre Platão deixou um discípulo,  Aristóteles, que também perdeu boa parte de sua vida estudando. Também foi um importante professor, na verdade foi o primeiro professor a ser zoado por seus alunos, o campeão nessa modalidade era o pequeno Alexandre, o grande.

Pulando algumas eras, chegamos à Idade Média, e lá achamos São Tomás de Aquino. Esse sim toma os moldes atuais de um nerd. Não só passou sua vida estudando, como não teve mulher e ainda por cima escreveu o livro mais chato da história da humanidade, a Suma teológica. Caso você tenha um professor de filosofia, pergunte a ele se a suma eológica é um livro legal de se ler, ou faça melhor, vá à uma biblioteca (para tudo existe uma primeira vez!) e pergunte aonde fica a suma teológica.

Após a Idade Média, tivemos vários nerds famosos, mas que não são de suma importância para nós. Exemplos bons são: Colombo, Galileu, Déscartes, etc…

Eis que chegamos em Newton. Newton foi uma espécie de nerd diferente. Ele ainda sim passava horas e mais horas estudando embaixo da macieira de sua casa, mas ele revolucionou o mundo com sua teoria que dizia: “se um corpo está inerte, ele permanecerá inerte até que alguma força aja sobre ele”, isso significa, segundo o sábio Higor Ernandes quer dizer “se a parada tá queta lá, ela vai ficar queta“, ou seja, ele disse algo que todo mundo já sabia, mas que ninguém havia dito ainda! Meio inútil, mas crucial… O que o torna nerd, e com louvor!

Depois encontramos célebres nerds como Karl Marx e Friedrich Engels, mais dois que passaram a vida estudando, perderam toda sua vida social, mas revolucionaram o mundo, e contribuíram para formar a imagem atual que os nerds temos atuais dias de hoje.

Após um tempinho, vemos Thomas Edison. Esse era categoricamente nerd. Desses que vemos hoje em dia, ou melhor, não vemos – afinal, nerd que é nerd não sai em público -.  Ele passou a vida inventando, aplicou no âmbito das invenções coisas que você nem sabia exisir, patenteou mais de 2000 invenções, e tudo o que tem direito. Ele foi um daqueles nerds que, sem ele, você não conseguiria viver, afinal, ele inventou a lâmpada!

A partir de Edison, o nerdismo veio tomando os moldes que percebemos hoje, um ser sem vida social, que estuda o dia todo, faz grandes feitos para a humanidade, mas não tem o mínimo contato com os humanos. Mas ainda falta alguma coisa para o nerd ser o que é hoje…

Computadores!

E quando pessoas comuns pensam em computadores logo pensam em uíndols (ou você realmente conhece o conhece o pinguinzinho?). E o que nos vem a mente quando pensamos em Windows? Bugs! Bill Gates! Na minha humilde opinião ele é o nerd que mais nos ensinou como é possóvel progredir e ser o homem mai rico do mundo sem ser forte ou bonito, ou ainda popular (“seja amigo do CDF da sala, no futuro, ele será seu patrão”). Gates é o marco final na história dos nerds, porque após ele, a maioria dos nerds que aparecem seguem seus moldes.

É povo, o post tá uma porcaria, sei, mas olhe pelo meu lado, eu to de férias, tenho coisa mais interessante para fazer, to postando só mesmo porque aqui tá meio paradão. Se acho ruim, vai engolir o vento, e não torra a paciência.

Até lá, que Nimb role bons dados para você!

By AgaGê

16 comentários sobre “Evolução dos nerds

  1. A muito tempo os Nerds vem dominando o mundo em que vivem! Aquele velha história que nerd vive atrás de uma tela de computador já é passada!

    Hoje em dia os Nerds mais conhecidos tem até vida social!
    Realmente é a “Evolução dos nerds”!

    Parabéns pelo Post!
    Abraço!
    Até!

    Curtir

  2. Consideram-me “meio-nerd” por coexistir “nerdismo” e alguma vida social….rsrsrsrsrrs
    A pior coisa de se ser um Nerd, é que vc sabe que vc está certo, mas as pessoas não compreendem ou não acreditam (seja lá qual for o assunto em pauta!). Depois de muito tempo, quando as pessoas percebem que vc estava certo, fazem de conta que não se lembram….

    Curtir

  3. Legal o post, mas não podiam ficar de fora o Steve Jobs (o verdadeiro Geek), Linus Torvalds (o pai do Linux), Richard Stalman (o mais chato de todos) para ele quem tá errado é Deus só para citar alguns, mas gostei principalmente por lembrar dos primeiros nerds da humanidade.

    Curtir

  4. O apanhado histórico tá muito interessante, mas pessoalmente acho que é possível resgatar a história do nerdismo até um momento ainda anterior do que a invenção da escrita. Por exemplo, e quanto ao primeiro nerd que, cansado de apanhar de gente mais grande e forte que ele, inventou o primeiro tacape pra revidar? Foi provavelmente o primeiro nerd que se vingou de um valentão usando a tecnologia!

    Curtir

    • Bruno, e o cara que descobriu como fazer fogo? Depois de anos – literalmente – ralando pedra, o cara vira o primeiro Geek descolado, inventa a frase: “Pode vir quente que eu estou fervendo!”, e ainda enche o aparamento (nas cavernas de pedra) de mulheres querendo sentir o seu fogo!

      Curtir

  5. A evolução final (ou ao menos da forma como conhecemos hoje) de um nerd é o geek.

    Geek é o nerd descolado que, sendo chato e CDF, era desprezado na escola, mas depois fez algo legal, ficou rico e agora vive cheio de “amigos”.

    (a propósito, seu texto está muito ruim, dá uma revisada)

    Curtir

  6. Olá!
    O Ciao Mondo é novo por aqui e gostaria de fazer novas amizade e quem sabe até parcerias!

    Vamos fazer os WordPreess brasileiros estarem entre os primeiros!

    Força!

    Obrigada!

    ps:Sou Super nOva por aqui.
    podes me ensinar a mexer? o blog de vcs foi um dos melhores e mais completos que já vi.
    Aguardo retorno.

    Curtir

  7. Agagê anda meio perturbado com os horários vagos matutinos.
    (Espero que isso não gere trocadilhos, ele SEMPRE consegue distorcer todas as minhas frases)

    Curtir

Digaê

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s