Minhas Férias

Bom, como todo mundo sabe, julho é época de férias para as pessoinhas que ainda mamam na mamadeira e estudam. E eu sou metade diferente disso, metade igual, respectivamente. Então, nada melhor para acabar as férias do que contar o que eu fiz durante as minhas, e porque isso aqui tá largado às moscas.

(se você visitou o blog enquanto estava largado, sim, você é uma mosca)

Para explicar o que ocorreu nas minhas férias tenho que remeter à uma lembrança longínqua dos tempos de maio, quando eu ia pela primeira vez ao urologista. Não, antes que você pergunte, eu não ia fazer um exame de próstata adiantado, e nem interessa a você o que eu fui fazer lá. o que interessa é que foi detectada uma anomalia em minha fisionomia interna baixa e que teria que ser feito um procedimento cirúrgico para corrigi-la.  Para você que ainda toma mamadeira e não entendeu, eu ia ter que fazer uma cirurgia.

o0

o0'

É isso mesmo queridos leitores e fãs (que eu contabilizo no momento como sendo uns 2), seu querido AgaGê’zinho aqui teria que fazer uma cirurgia lá onde o sol não bate (na parte da frente). E para piorar a situação, teria que ser nas férias.

Até aí eu estava feliz, afinal eu ia poder perder aula com justificativa. Mas teria que ser nas férias, qual a vantagem de ficar doente/fazer uma cirurgia  nas férias?! mas eu tinha que fazer. Lógico que isso rendeu piadas sobre a minha real preferência sexual durante os próximos meses, e a cirurgia foi distorcida para uma cirurgia de troca de sexo. Mas eu ainda tinha que fazê-la.

Agora, o que ocorreu e foi mais cômico era contar às pessoas o fato de que eu ia fazer uma cirurgia e o lugar aonde eu a faria. Acho que pelo fato de eu ser um tanto quanto… Extrovertido, as pessoas não me levam tão à sério, e quase ninguém acreditou de primeira. Veja um exemplo de como ocorria:

Agu: E aê AgaGê, tá andando assim mancando porquê?

AgaGê (já operado): Rapaiz, fiz uma cirurgia.

Agu: p***a, foi mesmo? em que lugar vc fez?

AgaGê: Lá onde o sol não ilumina.

Agu: Tá, é sério, fez aonde?

AgaGê: Lá mesmo rapaiz, to te falando.

Agu: Uhum, sei.. Onde foi que vc fez p***a, fala logo!

AgaGê: É lá mesmo, to falando sério!

Agu: ahá, sei! onde foi?

AgaGê: Quer que eu te mostre o curativo aki p***a!? ( ameaça tirar as calças)

Agu: (Olha para as pessoas passando na rua)… Tá, acredito, fez troca de sexo né safado?

AgaGê: (¬¬)

(o fato foi verídico, mas não exatamente como está aí. Quer saber como foi o original? Num tenho nada a ver com a sua curiosidade)

Mas, mesmo sendo alvo de piadas, e sem ter muita fé das pessoas eu a fiz, e passei os melhores, mais coloridos e giratórios momentos da minha vida sob efeito da anestesia geral. Fiquei um dia inteiro no hospital, e saí.

A partir daí acabou a parte emocionante das minhas férias. Isso porque eu tive de ficar mais da metade das férias. Os 2 primeiros dias demoraam quase 3 semanas pra passar, tudo porque eu estava esquecido em cima de uma cama em estado terminal, parecia uma cenoura naquela posição.ç Até que uma coisa salvou a primeira parte das férias. O notebook do véio.

Ele largou-o comigo por uns 3 dias, que foram 3 dias inteiros de PW, dei um jeito do meu irmão gravar o jogo e DVD, e passei-o para o computador pare deleitar-me com o maravilhoso vício. Meus dias se resumiam a acordar umas 9 horas, levantear, escovar os dentes (o que demorava uma meia hora, devido ao meu estado débil), ligar o coputador e jogar o dia todo, só parar para almoçar e jantar, até porque era a hora que meus pais estavam em casa, e eles não poderia desconfiar que eu tinha, clandestinamente, instalado um jogo no computador dele.

Mas como tudo que é bom dura pouco, após o 3º dia, meu pai tirou de mim a única alegria de viver (o notebook né, tapado) e meus dias voltaram às trevas que eram a cama. Tá, minto quando digo isso. A verdade é que, quando meu pai roubou o notebook, a primeira coisa que eu fiz foi expulsar meu irmão do computador do escritório para voltar a jogar – também clandestinamente- e não me sentir como uma cenourinha.

E as férias foram sucedendo-se assim, jogando PW, e fazendo mais P.N. Nem postando nada como vocês devem ter percebido.

Mas, as férias se acabaram, a vida boa se  foi, e agora volta a labuta diária pra tentar passar de ano, acho que isso aqui talve até fique mais animado de novo, talvez não, Quem sabe?

Tire uma carta, olhe na bola de cristal, role um dado…

E até lá, que Nimb role bons dados para você!

(agora sem o By AgaGê no final…)

8 comentários sobre “Minhas Férias

  1. Pingback: Tempos de menino (nem tão) bonzinho « Class Jokers

  2. nossa essaa mensagem foi horrivelllllllllll,sabe porque?
    porque fala de assunto sexual,e eu tenho horror dessa palavra…
    acho que devia ser um assunto mais sadio….. sobre ferias,è claro ne meu bem???????????????
    herrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrr
    tipo um resumo de ferias o que eu fiz naas ferias?!?!!!!!?????
    beijao galerinha!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    gabizinha
    beijossss

    Curtir

  3. @gabi: Sabe, quando eu digo que eu fiz isso nas minhas férias, foi porque eu realmente fiz isso nas minhas férias (se quiser mostro até a cicatriz ;D).
    E outra, eu não procuro escrever nada sadio, escrevo só sobre as merdas que acontecem comigo. Se você procura algo decente e sadio,procura um site da barbie minha filha

    Curtir

Digaê

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s