Sem você não somos nada

(pode parecer música sertaneja mas não é, é apenas mais um post)

O palhaço sozinho é triste
é seco, é sem graça, é cinza
não tem o brilho de quando está no palco
porque sozinho ele não tem platéia.
Sozinho ele conhece todas as suas piadas,
já viu todas as tortadas na cara,
isso não é engraçado para ele
por isso ele é triste.
A felicidade de um palhaço é ver o sorriso no rosto de alguém alheio
ou chutar o mastro do circo
e ver o elefante voar.
Mas ele precisa da platéia, que ainda não sabe de suas piadas
que vai rir quando ele entrar em cena,
e quando ele sair
vai pedir bis.

É por isso que  eu venho aqui, agradecer a você leitor, que perdeu seu precioso tempo que poderia estar estar sendo utilizado para gerundismo ou algo mais útil na sua vida, como jogar pinball no PC, ou brincar de tiro ao alvo no seu irmão (isso mesmo, não com o, mas NO seu irmão). Mas você estava aqui lendo essa porcaria que você conhece como ClassJokers™, mesmo quando o texto estava um lixo, quando a tela do seu pc estava suja de corretivo de tanto você corrigir o seu dever de casa, até mesmo quando não havia monitor pra você ler você leu. E você mentiu e disse que tava bom (ou não disse nada pra não tomar chumbo).

Agradeço aos que leram desde o primeiro dia de blog, e também aos que começaram a ler no segundo, agradeço aos que começaram a ler não sei daonde, aos que começaram a ler do Uêba, aos que começaram a ler do NerdCalculista, e agradeço também aos idiotas que não começaram a ler e comentar com uma frase só (“ameeeeeei o texto”, “muito bacana”, “a pomba é um rato que avua”, etc…).

Agradeço aos fabricantes do banco traseiro dos carros, pois sem eles a população da humanidade seria a metade do que é hoje, agradeço a Chuck Norris por me deixar vivo, agradeço a LUG por ser a pior empresa de games do Brasil e estragar o PW (deixando mais tempo pra postar aqui), Agradeço a esse infeliz que usou o nome de blog que a gente ia usar e nunca fez nada, agradeço a Einstein por ter inventado a teoria da relatividade, agradeço a Steve Stiffler por ter me ensinado tudo que eu sei hoje, agradeço aos besteiróis americanos por serem mais engraçados que o Casseta e Planeta, agradeço a mim por ser eu mesmo e me amar como ninguém, e agradeço a mim também por ter tido a idéia de fazer um blog que excedeu qualquer expectativa nossa.

Enfim, obrigado, rebanho de descoupados pelas 50 mil visitas!

E que Nimb continue rolando bons dados para nós e para vocês!

2 comentários sobre “Sem você não somos nada

  1. Definição de Pomba: Sacola de supermercado com grande quantidade de excremento a qual peões de obra dão um nó e arremessam no terreno vizinho.

    ;D Parabéns aê, ninguém botava fé no blog, mas, tá ai ;)

    Curtir

Digaê

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s