top X – tesouros da culinária contemporânea

“Comida! Meu prato favorito!”


Woody Woodpecker sobre anúncio “comida grátis”.

Nesse mundo tão controverso onde as pessoas preferem se entupir de gordura trans e proteína de soja texturizada sabores diversos, fica realmente épico saber o que realmente é cmida boa e o que é silício modificado para parecer comida.

Tem gente que diz que culinária francesa é a mais deliciosa, mas eu particularmente não vejo em minha mente um sabor agradável em escargot ou cérebro de galinha… Eu particularmente creio que existem coisas melhores em lugares mais obscuros e sujos perdidos na imensidão da vida semi-urbana que levo.

então, pensando nisso eu – que sou magricelo mas é de ruindade – elaborei uma lista com os maiores tesouros da culinária que você pode ter acesso aí, na sua casa, no seu pc, aonde você passa 23 horas do seu dia.

Número 1: Bala de maçã verde lilith

(foi mal aí gente, mas vendo a balinha aqui na minha mão, tão bonitinha e empacotadinha, não resisti em comê-la, me desculpem. Isso é o que sobrou dela)

Embora existam divergências entre essa bala e uma tal de 7belo, posso afirmar-lhes que entre o mundo dos doces – e quiçá da culinária inteira – coisa mais sublime que essa bala. Todo sabor, toda leveza, todas as cáries, todo o grude, tudo junto numa bala só. É o orgasmo quando se fala de comida (sem trocadilhos).

Número 2: cozinha punk de 4 acordes

Primeiro acorde: Arroz, segundo acorde: Feijão, terceiro acorde: Bife, quarto acorde: batata frita. Bife suculento, grosso e mal passado, batata frita sequinha e crocante que nenhum fast food jamais superará, arroz soltinho, do jeito que sua mãe fazia, e feijão macio e suave, como sua vó ensinou a sua mãe a fazer. Todos esses acordes juntos poderiam até se chamar “música da infância”. Vai dizer que isso não te lembra aquele sábado, meio dia, sol a pino, quando você chega em casa , depois do futebol, com aquela fome felina e grita: “MAAAAAAAE, o que tem pro almoço?!?”, e ela na maior felicidade do mundo responde-lhe fraternalmente: “Arroz, feijão, bife e batata frita, meu anjo, vai tomar banho e vem almoçar.”, e você vai, sabendo que nenhum mal acontecerá ali, pelo menos até depois do almoço…

Número 2: Misto quente de vovó

Esse pode ser até considerado um prato heróico. Porque nossas avós, mesmo sem todas aquelas panelas high-tech, nenhum grill George Foreman ou qualquer outra ferramenta dessas de cozinha que também falam francês, piscam luzinhas em 3 cores diferentes e ensinam álgebra em latim, consegue produzir um alimento saboroso e memorável, muito melhor do que qualquer lanchonete por aí. Pão, queijo e presunto, unidos para  formar o megazord capitão planeta melhor sanduíche do mundo. Caso sua vó seja “bródi” peça pra ela modernizar-se um pouco e trocar a muzzarela por cheddar, fica de furar a fila do INSS.

Número 3: Cremosinho

Principalmente em tempos como esse de agora, que a terra tá aprecendo o suvaco do capeta, que até o diabo tá tomando picolé, essa delícia faz sucesso. Não sem quem foi o cara, mas a idéia de fazer um sorvete com iogurte e coloca-lo nesse saquinho é genial. Mamãe compra sempre um sacolão disso =D.

Número 4: Churrasco de Domingo.

(esse é o churrasco de domingo, antes de ser churrasco de fato)

Todo mundo adora o churrasco de domingo. Carne de vaca assada é deliciosamente saboroso, principalmente quando é servida quase viva, junto com farofa – de preferência com couve, pra ficar grudada o dia todo no dente-  e arroz (é, eu tenho vocação pra ser pobre). Os indianos não sabem o que tão perdendo… E  além disso, comer no churrasco de domingo é especial pelas figuras que te acompanham à mesa tais como: seu irmão pentelho, seu primo retardado, sua tia chata e seu tio engraçadão.

e pra finalizar, nada melhor queeee……

número 5: qualquer fruta roubada de uma árvore num local cercado por muros

As crianças de hoje em dia sabem cada vez menos o que é saltar no terreno de alguém, subir em alguma  árvore para roubar seus frutos. Mas eu soube… É, eu soube bem….

Não existem emoção maior do que pular um muro de alguém, subir na árvore e ficar lá, comendo as frutas na expectativa que ninguém te pegue praticando aquele delito. é Algo que toda criança deveria experimentar para uma melhor formação psico-social. Só assim elas saberão realmente o que é a vida.

E outra coisa, o número das medidas de segurança para evitarem “furtos” é diretamente proporcional ao prazer que aquela fruta proporcionará em sua boca. Não existe coisa mais saborosa que frutas obtidas dessa forma…

É isso pessoal, essa é minha opinião sobre as mais saborosas, deliciosas e indescritíveis comidas existentes na face da terra.

Lembrando que isso é MINHA OPINIÃO, e não tem nada de errado com ela, porquê gosto é igual peido: todo mundo tem um, mas só aguenta ele.

Maaaas, se você é uma pessoa pouco idiota, e por algum motivo discorda de mim, cite sua lista, mas com uma coisa em mente: o primeiro passo para ser idiota é ser humano, então, cuidado com o que diz…

Até lá, que Nimb role bons dados para você!

2 comentários sobre “top X – tesouros da culinária contemporânea

Digaê

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s