A vida sexual do homem feio

Você nasce.

São 9 meses querendo sair de um lugar, e a vida toda querendo voltar. As vezes você até nem quer sair, outras vezes quer sair de todo jeito, mas inevitavelmente você sai dali.

A única coisa que você foca são duas grandes bolas cor-de-pele e com uma pontinha, que aquilo ali vai matar aquele monstro que tá corroendo sua barriga por dentro. Por algum tempo aquela é a única pessoa que importa pra você, e você aprende que quando o monstro voltar, é só abrir a boca e forçar o ar a sair que ela vem e mata ele pra você. Até aí a vida é boa.

Depois, você percebe que existem mais pessoas à sua volta. E que essas pessoas também atendem ao chamaod do choro pra saciar sua fome, e matar o monstro. Pronto, a sociedade até aí é perfeita, você é o centor das atenções, e não tem pra ninguém mais. Você é o mini-rei do seu mini-mundo.

Até aí a vida é boa.

Depois de um tempo, você começa a não ter mais que usar fraldas, e tem que aprender a dura disciplina da sociedade moderna: segurar a bexiga pra ir no banheiro. Ao fazer isso, você vê sua mãe sentando no vaso e urinando aonde o xixi cair, enquanto você tem a sua espingarda (que por enquanto é de cano curto) e pode mijar aonde quiser, e até fazer desenhos na privada. Então você percebe que é homem.

E até aí a vida é boa.

Depois, alguém tem matricula numa escolinha. Você vai pra lá e vê pessoas de todos os tipos, gordas, altas, magras, baixas, bonitas, feias. Epa, feias… Essa palavra começa a martelar na sua cabeça. Você olha pros seus coleguinhas, aqueles rostinhos angelicais, face impecável, olhos radiantes, e você nos cantos obscuros da escola, com sua face estranha, seja pelo que for, feiúra não conhece barreiras, não conhece conceitos, apenas conhece a feiúra.

Aí a vida passa a ser uma merda.

Quando se é  criança, ser feio ainda não se mostra como uma grande barreira, porque quando se é criança não se liga muito pras meninas. Todas nessa fase são chatas, ou melhor, todas em todas as fases são extremamente chatas, ma nessa idade não há porque esconder isso, visto que nessa fase beijar é uma hipótese distante e nem se sabe o que é dar.

Então, seu contato maior com as mulheres vai ser o de xingar a gordinha da sala, pedir pra professora pra ir no banheiro e se gabar pros amigos que viu uma playboy do pai escondido. Talvez você até seja zoado pelso seus amigos por uma ou outra característica diferente, como eu fui por ser magro demais, ou como eu fiz com os gordinhos, zoando eles por serem gordos demais.

Mas até aí a vida ainda não se mostra uma grande merda.

Mas você cresce, e crescer é uma merda. O desejo de voltar pra barriga da sua mãe e não precisar nem de forçar o diafragma pra respirar começa a despertar da letargia e rugir na sua cabeça. Você cresce e se vê na hora de deixar de ser um completo inútil e ter algum tipo de relacionamento não-hostil com os seres insuportáveis do sexo feminino, que agora começam a esconder sua chatice interior para tentar fazer a mesma coisa que você.

Porém, você logo percebe que pra elas a vida é mais fácil. Que elas podem ficar quietinhas no canto delas fazendo doce e você que tem que  ir lá e chamar ela pra sair, pagar o sorvete, como diria meu saudoso professor de biologia, e ainda tem que escutar o tapa na sua mão quando você tenta pegar na bunda dela. Isso, é claro, pra quem é bonito.

Quando se é feio você, além de ter que levantar o rabo da cadeira, ser gentil, elogiar, falar do cabelo, chamar pra sair e ainda correr um sério risco de escutar um sonoro, vergonhoso e desmotivador “NÃO!”, ou ainda um: “NEM MORTA!”, ou se a menina for bem escrota um: “NEM FUDENDO EU SAIO COM VOCÊ COISA HORRENDA!”. Esses ainda são as frases que você vai ouvir se tiver sorte. Se ouvir essas frases, se dê por satisfeito,. A pior coisa que você realmente pode ouvir é: “Ah, que isso, para, nós somos apenas amigos“.

Quem acessa bastante a internerd por aí deve conhecer os memes, ou as modinhas internéticas. Atualmente, os grandes memes são constituídos de carinhas mal desenhadas pra representar uma idéia, e o meme que pode melhor representar a situação do “nós somos apenas amigos” é a do FFFUUUU:

Usem o google pra pesquisar o que ele significa

Mas com o conteúdo do post acho que não preciso dizer

Friendzone, ou “zona da amizade”, é um lugar-comum pra nós homens feios. Geralmente homens feios tendem a ser menos idiotas que os bonitos, unicamente porque eles precisam ser menos idiotas pra ter algum atrativo. Porém, nesse mundo de aparências de hoje a aparência é, aparentalmente, crucial para aparentarmos que valemos alguma coisa, e como aparência é o que o homem feio não dispõe, ele acaba por ficar apenas como “amigo”.

E a vida se torna uma merda novamente.

Mas há uma luz no fim do túnel. Certa vez, em um de seus stand-ups, Crhis (ou seria Chris?) Rock disse:

“Homens não tem amiga platônicas, tem amigas que ainda não comeram, e só são amigos dela porque não desistiram”

Perseverança é tudo na vida sexual do homem feio. Ele espera por dias, que logo se transformam em semanas, e que se transformam numa similar velocidade em meses. Mas nós estamos lá, não importa o tempo que leve, os eventos que se desenrolem, as intempéries que nos aflijam, tais quais gatos guerreiros, prontos para dar o bote certeiro.

Nesse mesmo stand-up, Nosso amigo Chris disse também:

“Você sabe quem vai ser o próximo cara que vai pegar a sua mulher, ele já foi na sua casa, comeu da sua comida e bebeu do seu vinho. Ele vai estar lá, ó esperando você fazer besteira pra dar o bote na sua mulher”

A grande chance de um homem feio se dar bem e quando sua amiga platonica está em crise. É em nossos ombros que elas choras, em nossos colos que elas recostam, em nossas toalhas que elas secam o lápis de olho borrado. Cabe a nós sermos espertos pra que elas se vinguem aonde nos convém…

Continua…

E que nimb role bons dados para vocês!

2 comentários sobre “A vida sexual do homem feio

Digaê

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s