Bitches inc.

Determinismo por vezes é muito confortável. Dizer que o céu é azul, dizer que todos os cachorros latem, dizer que toda mulher é ilógica é algo bem fácil de se dizer e de se aceitar, mas quando a gente analisa mais profundamente vemos que o determinismo não necessariamente tá certo. Sabemos que o céu pode adquirir várias tonalidades, a depender da hora do dia (Menos em Sao Paulo, porque naquela porra de lugar o céu é sempre cinza), sabemos que se cortarmos as cordas vocais de um cachorro ele não vai latir mais. Porém, infelizmente, toda mulher é ilógica. É uma das poucas coisas que a gente pode ter certeza nessa vida, e uma das piores, com certeza. Mas a minha pergunta é: precisa ser assim?

Eu parei pra pensar, e comecei a perceber que a nossa sociedade contemporânea é uma verdadeira fábrica de vagabundas loucas. Em todos os cantos, nossas garotas são ensinadas que ser vagabunda é legal, e tentam enfiar na cabeça de nós, garotos, que isso é absolutamente normal e até desejável – “Nossa, você não vai sair com aquela menina porque ela respira demais pro meu gosto, e eu só faço isso porque eu me importo com você” – tudo isso para que essas vagabas sejam vagabas sem peso na consciência.

O pior é que a indústria da internet veio pra fuder com tudo (olá tumblr), porque agora não só as mulheres de fato são vagabundas loucas, mas qualquer menininha de 12 anos já acha que tem o sagrado direito de ser uma vagabunda louca, e qualquer um que nao concorde com o fato dela ser essa vagabunda louca é imaturo demais, ou seja, “menino”.

Vamos agora analisar um “produto” dessa indústria (olá tumblr de novo, seu filadaputa) que está vagabundizando nossas meninas desde que saíram das fraldas e perderam o odor de lactose de sua dentição:

Clarice lispector teria vergonha de escrever textos tão medíocres perto dessa genialidade da literatura mundial

O Menino vira HOMEM quando” :

O uso de “homem” em caixa alta e em vermelho, indica a falta de piromba constante na vida de quem escreve (e de quem enche minha pagina principal do facebook com essas merdas), não só falta como desespero pra arrumar alguma coisa parecida com homem, já que  os dois únicos “homens” que elas realmente tiveram contato foram o pai e o padeiro da padaria do bairro.

Segue quando você sai emburrada“:

Essa é uma das maiores armadilhas, porque a coisa já começa a não fazer sentido. Quando uma mulher sai emburrada, ela quer que você vá atrás dela, isso é sabido desde que sua coleguinha do prézinho roubava seu biscoito e saia emburrada quando você tentava recupera-lo (isso na linguagem infantil, é mesmo que “quero te dar”, veja como é, ilógico desde o nascimento), agora porque fazer isso? Se ela quer a companhia do individuo que ela quer que a siga, pra que diabos sair do lado dele? Inflar ego? Fazer charme? Porra nenhuma, não tem explicação, ou pelo menos nenhuma que seja lógica.

Te liga de volta quando você desliga na cara dele“:

Esse cai no mesmo problema da anterior: pra que? Pra que desligar a porra do telefone se você quer que o infeliz te ligue de volta? Pra que parar a conversa no meio, se você quer que ela continue? Tudo isso é falta de atenção? Talvez, em conjunto com falta de lógica.

Te abraça quando você o soca”, “Te beija quando você fala demais“:

Bom, acho que nenhum cara, independente de ser “homem” ou “menino”, ia revidar quando uma menina te desse um soco, até porque a lei Maria da Penha ta aí pra isso né? Agora veja a – sic – lógica que querem aplicar a nós, garotos: não querem simplesmente que nós aceitemos a vagabundice, não querem só que nós achemos atraente, querem também que RECOMPENSEMOS a falta de senso. Se uma menina te soca, abrace-a, se ela fala demais, beije-a, se ela te dá uma bicuda no ovo, case com ela, se ela ranca seu saco fora, compre uma casa, peça o divórcio e deixe a casa para ela.

Vê filme de garotinha com você“, “Tolera quando você chora por causa de histórias de amor“:

Pronto, now shit just got serious (sim, me recuso a traduzir memes, use o google), não basta mais o cara ser “garoto”, ser homem inclui enfrutescer-se. Porém, essa é a que eu menos me preocupo, porque, de fato, os caras que veem filme de garotinha com vocês, ou que “toleram” você chorar por causa de histórias de amor só fingem que fazem isso, pra mostrarem como são atenciosos e para que a mão boba passe menos percebida (quiçá desejada).

Te dá o controle remoto“:

Acabou o futebol, pra que alguém precisa dessa porra?

Recusa uma noite com amigos só pra estar com você“:

Esse mostra como aquele negócio de “meninas amadurecem mais rápido que os meninos” é uma das mentiras mais bem contadas na história da humanidade (a maior é a que Ed Cullen é um vampiro) . Porque não basta namorar, tem que juntar toda a possessão do mundo e exigir que o infeliz esqueça dos amigos dele para sempre e pense apenas nela. Afinal, quem precisa dos amigos quando se tem namorada né?

Não se irrita quando você tenta mostrar o caminho certo“:

Sabendo que estamos lidando com crias de nimb, com filhas do caos, podemos ver que “caminho certo” significa “caminho que elas querem que façamos porque passa perto de uma loja de roupa, lugar onde provavelmente pararemos para pedir alguma informação e aproveitaremos a liquidação”, então não preciso explicar muito né?

Diz ‘desculpa’ –

Porque alguém tem que fazer isso, ja que mulher admitir que tá errada hoje em dia tá mais raro que nota de cem.

e que precisa de você“:

Caramba, e isso agora é sinal de maturidade? Porque meu primo com 7 anos de idade ja dizia isso pras namoradinhas dele, então acho que isso faz dele um homem-feito, já pode deixar crescer a barba, mostrar os pelos anais quando for agachar, pode usar cantadas de pedreiro e a porra toda. Porque, afinal, lógica é uma coisa inútil.

Após isso, vemos que a indústria da internet está contribuindo para criar uma sociedade de vagabundas imbecis, além de infantis e mesquinhas, que esquecem o verdadeiro sentido da palavra “homem”, esquecem que os homens de verdade acordam cinco horas da manhã para trabalhar, que eles não tem o dia todo pra ficar do seu lado, mas que com certeza vão estar nos momentos mais difíceis, e que nunca, NUNCA vão achar lindo e te abraçar quando você agir como tal vagabunda sem limites que é.

Então por favor, quengas do meu Brasil, parem de encher minha timeline do facebook com essas merdas e vão arrumar pinto, vão.

E que Nimb role bons dados para vocês! (Menos para as novinhas que tem um tumblr, essas eu quero que ardam no fogo dos sete infernos)

Um comentário sobre “Bitches inc.

Digaê

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s