Fim

Tudo na vida tem um fim. Mas é uma merda quando ele chega.

Trilogia Tormenta. Harry Potter. Cavaleiros do zodíaco. Soul Eater.

E agora Naruto. O hinduísmo inclusive tem a AUDÁCIA de dizer que todo fim é um novo começo, que toda forma de destruição é também uma forma de criação e coisa e tal.

Balela.

Não há, ainda, uma segunda trilogia Tormenta. O oitavo livro de Harry Potter só causa furor nos fanboys. Esperamos até hoje que The Lost Canvas fique emocionante. Soul Eater NOT nunca convenceu.

Ao que parece, o fim é o fim mesmo.

Essa semana sai o último capítulo do mangá (o animê se aproxima do fim também). Não sei se realmente devo assistir. Apesar de não ter amarrado todas as pontas soltas durante o último arco, o penúltimo capítulo foi bem satisfatório.

Lembro-me de quando foi anunciado o fim de Weeds. Fazia uns dois anos que eu acompanhava a série, pra mim a segunda melhor série americana de comédia já lançada (perdendo, evidentemente, para Todo mundo odeia o Chris). Aí a audiência caiu, cancelaram na temporada seguinte. Eu estava uns dois ou três episódios atrasados, mas me recusei a assistir o final. Era bom demais pra deixar tudo acabar. Reuni coragem pra assistir uns 2 anos depois (e só porque eu estava sozinho em casa num feriado prolongado e não tinha coisa pra fazer).

Todo esse drama porque eu acompanhei Weeds apenas por dois anos. Acompanho naruto há oito.

É estranho porque fazia tempo que eu não tinha aquele feeling lendo Naruto. Na verdade, acho que eu mais lia pra parar de ler do que pra me divertir.

Como vocês sabem, Naruto é um mangá do tipo Shōnen, usualmente lido por adolescentes, salpicadas com magia e grandes demonstrações de poder. Há alguns anos eu já passei dessa faixa etária, mas ainda assim eu gostava das histórias e da mensagem do mangá.

Acontece que de uns anos pra cá (dois ou três, não consigo dizer precisamente), as histórias caíram na mesmice. Talvez elas não estivessem sendo mais escritas para mim e eu devesse apenas buscar a felicidade em outras páginas. Mas era tempo demais investido pra conseguir viver depois sem saber o final.

Nada disso importa mais. Já tempos uma data definida. Os personagens já tem seu desfecho definido (Se vocês querem um grande spoiler, assistam ao trailer do último filme). A história não tem mais para onde correr, qualquer fã conseguiria dizer o final dos personagens no próximo capítulo, quiçá escrever os diálogos.

Untitled

Não faria nem diferença ler o último capítulo,

Não faria sentido não ler o último capítulo.

Não há o que fazer depois do fim.

Aliás, o que fazer depois do fim?

Esperar bons dados, é o que resta.

Um comentário sobre “Fim

Digaê

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s