5 motivos pelos quais música ruim é melhor que música boa

Todos nós tivemos aquela fase, todos nós um dia já nos sentimos mais inteligentes apenas por nosso gosto musical. Inclusive, vocês podem conferir a minha aqui mesmo, nesta pocilga digital.

Acontece que a gente cresce, e com o crescimento vem as espinhas, depois as espinhas passam e vem os pelos corporais (que em mim se restringem à parte posterior da coxa). Depois dos pelos corporais vem o primeiro porre, a primeira vez e, possivelmente, chega a maturidade.Com a maturidade vem a epifania:

odiarfunk

E aí percebemos o quão imbecil nós fomos em nossa juventude Rock Wins.

Poderia passar um dia inteiro dissertando sobre o papel social que a música assume, sobre qualidade ir além dos artifícios técnicos da música e uma série de coisas, mas deixo isso para meus amigos da academia, nóis tamo aqui é pra sarrar.

Começamos com o lógico:

1 – Não dá pra sofrer com música boa

Tem dias que o mundo tá foda, seu chefe é um cuzão, sua sogra liga dizendo que vai passar uns dias na sua casa, você descobriu que sua mulher tá te traindo ou a vida simplesmente não foi com a sua cara. Nesses dias você sabe muito bem que não adianta botar um Chico Buarque pra tocar que não vai adiantar, e muito provavelmente você diria frases como

ELA NÃO VAI VOLT- caralho, que estrofe bem construída

Óbvio que não é isso que você quer na hora – você quer mais é chorar – e nessa hora mais vale um Reginaldo Rossi na mão do que dois Caetanos voando.

2 – Não dá pra relar o bucho com música boa

Veja bem, óbvio que dá pra dançar com música boa, dá pra levar a patroa para aquela noite romântica, começar com uma música lenta, tomar um bom vinho e acabar dando a sarrada mensal do matrimônio.

O problema é que música boa foi feita pra ser boa, não pra dançar, e, como bem observado pela twittada no início do post, a gente quer mesmo é rebolar o popozão.

3- Não dá pra rir com música boa

Os caras ficam tão ocupados fazendo música boa, tentando passar uma mensagem profunda, enchendo a música de acordes complexos e tentando atemporalizar o seu som que se esquecem do mais básico na música, que é se conectar com seu público e divertí-lo.

O que isso gera de resultado? Música boa é cansativa de ouvir, se você quiser ouvir direito e a fundo.

E, evidentemente, as vezes a gente não quer cansar, só quer mesmo abstrair as desgraças da vida rindo e se divertindo um pouco.

4 – Todo mundo se identifica com música ruim

Não adianta, você pode até não ter curtido na época, mas aquela música ruim tocou  tanto na rádio, nos comerciais, no diabo onde for, que você vai automaticamente associar aquele período da sua vida à música.

Fora que, como música ruim é popular, ela fala de assuntos populares, nada muito “classe média sofre”. Com excessão das músicas de ostentação, que já disse aqui neste mesmo blog que detesto, ela fala de coisas que  a população sofre, e nós somos o populacho, vejam bem.

5 – Ninguém se acha melhor porque ouve música ruim

Fui no show do Tropkillaz em SP no ano passado. Gosto muito do som deles, mas vi muito mais carão pra selfie lá do que gente dançando e curtindo a vibe. Inclusive, na fila pra entrar no local, uma das moças que conheci lá me disse, sem nenhum constrangimento “Não tomo essas coisas aí, pra mim tem que ser no mínimo uma beats“. Minha vontade foi de jogar a Askov sabor frutas azuis na cara dela, bater em todo mundo que tava na fila e ir caçar um boteco no qual o dono tivesse algum dente faltando.

Não bati em ninguém, mas já entrei no rolê com preconceito. Só curti mesmo a moça q pediu o resto da minha Askov, você é dez moça! Mas de resto, não fui com a cara de uma só pessoa lá, coisa muito diferente do que aconteceu no show do Aviões do Forró.

Por isso, rogo a vocês: “Menos selfie e mais sarrada!

Agradecimentos especiais à Rafaela Figueiredo, por se irritar sempre que eu argumento nesse ponto, e Cecília Mazetto, por ajudar a construir os tópicos

Digaê

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s