4 coisas odiáveis do frio

O frio chegou.

Meus casacos e cobertores estavam todos mofados e os primeiros dias foram de rinite pura, mas passou. Só o que não passa é essa merda desse tempo.

Enquanto o facebook entrou em polvorosa, cheio de gente postando que “ama frio”, que “esse tempo é perfeito”, eu planejava calmamente um jeito de subir aos céus e acertar minhas contas com São Pedro (ou com o arrombado do estagiário do tempo que desregulou a porra toda).

E aí eu comecei a perceber que, na verdade, não é só o clima frio que é uma merda, mas todos os seus desdobramentos, tudo o que somos obrigados a fazer e tudo o que as pessoas fazem por causa dele.

Então, como sempre faço enquanto estou pensando no chuveiro, resolvi listar para vocês:

1 – Vestuário

13091900_1022866571095322_1245803564551044520_n.jpg

Conforme já citado neste site, gosto bastante de usar samba-canção na minha vida. Na real, gosto de usar pouca roupa, sempre que possível (não fosse o código penal brasileiro, eu andaria nu tranquilamente). Só que, com esse clima de filha das puta, estou sendo obrigado a usar calça dia após dia, não só fora como dentro de casa, aniquilando todas as possibilidades de minha pessoa ser um espírito livre.

Fora a caralhada de blusas, luvas, moletons, lã e uns tecidos que, claramente, não foram pensados para o conforto de ninguém, mas apenas para que você saia na rua sem a plenitude dos movimentos do seu corpo, sem aquele sentimento de instant parkour pra dar aquela corridinha pra atravessar a rua.

Basicamente, você volta a ter a coordenação motora de quando tinha seis anos de idade.

2 – Postagens no facebook

Quando chega o frio é quando você lembra daquele amigo seu que mora no sul, porque assim como ateus e vegetarianos, eles vão fazer questão de te lembrar que eles moram lá postando um printscreen com a temperatura baixíssima que está fazendo na cidade deles.

Ou também aquela galera blasé, que ouve artic monkeys e queria desfrutar do fog londrino, e quer aproveitar o inverno pra mostrar ao mundo como ama o frio ao invés do calor e como nasceu no país errado.

Pra todas essas pessoas, o dollynho já deu a dica:

13094252_1112227192157128_1395132556304931026_n.jpg

3 – Banho

Quando voltei daqui de São Carlos pra Porto pela primeira vez, contei tudo o que me havia acontecido aqui, todas as experiências e todos os hábitos novos que eu havia desenvolvido aqui. O que mais causou estranhamento foi o fato d’eu ter desenvolvido a capacidade de ficar um dia inteiro sem tomar banho.

Veja bem, não é falta de higiene, não é algo fora do comum, mas tomar banho no frio é difícil pra caralho! São duas lutas: uma pra entrar e uma pra sair. Além de que, a depender do dia, você não sua, você não se suja nem nada, então fica liberado se dar o luxo de não tomar banho naquele dia.

4 – Congelamento etílico dos dedos

Como vivemos num país quente, algumas palavras não existem em nossa língua simplesmente porque o efeito que ela descreve é um elemento alienígena em nossa sociedade. Um bom exemplo é a palavra Frostbite, que descreve uma injúria causada por baixas temperaturas, geralmente em extremidades.

Acontece que, por vezes, as festas em São Carlos se localizam em chácaras, no meio do mato. Imaginem vocês, segurar um copo de bebida gelada por horas a fio, exposto a uma temperatura de 12 ºC.

Não fosse a ingestão simultânea de alcool que, por consequência abaixa o ponto de congelamento do sangue, já teria perdido meus preciosos dedinhos para a canjibrina.

Evidentemente, uma hora cansamos de colocar gelo nas bebidas e passamos a tomar vodka sem gelo, o que acarreta em coisas ainda piores, como apagões etílicos, mas isso não me cabe explicar nesse post.

E enfim, após todos esses pontos, chegamos à conclusão que

tempo

Ninguém aguenta mais, volta calor!

Digaê

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s