Como utilizar o Tinder corretamente

Colé cambada! No episódio de hoje desta incrível aventura de nossas pequenas vidas por este planeta azul esférico que rodeia uma outra bola gigante amarela, que juntamente com outras semi-esferas circulam outros conjuntos similares e assim todos circulando infinitamente no tempo e espaço, ensinarei-os a utilizar o aplicativo CHUCHU-BELEZA que (ainda, eu acho) bomba em torno dessa juventude, já que claramente eu não entendo de astrofísica ou gírias.

Aprenda aqui algumas simples aplicações de cantadas excelentes para se utilizar com as menininhas no app e fazer sucesso!

Continuar lendo

É só isso

Este texto não se propõe a ser sério, nem científico, nem mostrar a situação geral de coisa alguma, esse texto é um singelo desabafo de um estudante decepcionado.

João José era o único que lia correntemente entre eles e, no entanto, só estive na escola ano e meio. Mas o treino diário da leitura despertara completamente sua imaginação e talvez fosse ele o único que tivesse uma certa consciência do heróico das suas vidas 

– Jorge Amado, em capitães da areia

Continuar lendo

Ansiedade de véspera

Há uns dias atrás, quase meses na verdade porque eu sou preguiçoso pra caramba e quase não escrevo, o que só reforça os estereótipos sobre minha origem baiana, eu falei sobre ter decidido ir pra longe, no caso, Canadá, porque Dilma me ligou pessoalmente dizendo que pagava minhas contas e tal, aquela história toda.

Continuar lendo

O que eu aprendi escutando Eminem

Não sei até onde todos sabem, mas eu gosto muito de Eminem, desde que eu tinha meus sei-lá-quantos-mas-eram-poucos anos. Recentemente ele lançou seu oitavo álbum de estúdio, álbum esse que me fez voltar a escutá-lo com mais propriedade e afinco, tal qual eu fazia nas tardes daqueles longínquos tempos de adolescência jogando PW e falando besteira no, agora finado, MSN Messenger. Naquele tempo, as músicas eram só diversão, só pra ficar sentado na cadeira fingindo que eu estava cantando para um estádio cheio, mas mal sabia eu que elas me ensinariam uma valorosa lição.

Continuar lendo

Top 5 – músicas com apologia a pobreza

Fala putada! Tão achando que a gente virou gente séria? Que só fica postando essas porra desses textos sérios? NÃO! Esse texto é um tapa na cara de vocês aí de Hollister, Abercrombie & Fitch, Gucci, que tiram foto bebendo red label na balada e se acham os fodões por conta disso.

Não é novidade pra ninguém aqui que eu sou pobre. Também não é novidade que isso não é algo que me impeça de viver minha vida na tranquilidade de sempre. Ok, eu reconheço, dinheiro é legal, compra uns lances bacanas, te salva do sufoco no fim dos meses, facilita coisa pra caralho, nó não entendo essa necessidade patológica da galera ficar exibindo e glorificando isso todos os dias na sua vida.

Continuar lendo